Você está aqui: Home » Futebol » O “Rei de Copas” é o novo campeão

O “Rei de Copas” é o novo campeão

Ontem à noite foi a tão esperada final da Sul-Americana. O Independiente da Argentina se mediu contra o Flamengo. Mais um jogo, mais um ano, mais uma edição e mais um campeão. O Independiente se consagrou campeão.

Em homenagem ao seu apelido, o time argentino levou mais uma Copa para sua casa, nesta ocasião, depois de conseguir o empate no jogo de volta, pela final da Sul-Americana. Lembrando que, bastava o Independiente empatar, para ficar com o título, por causa da sua vitória no jogo de ida, em Buenos Aires.

Na verdade, era bastante fácil para o Rojo obter o título, devido à vantagem numérica que trazia. Já para o Flamengo, a situação era algo mais complexa, pois eles deviam ganhar por mais de dois gols para poder ficar com a tão desejada Copa.

Mesmo no mítico Maracanã e com toda a torcida Rubro-Negra presente, o Independiente não ficou para atrás, podendo atingir o empate, buscando isso já no primeiro tempo de jogo. Com o que o Independiente ficou agora com o bicampeonato da Sul-Americana, sendo este o 17º título internacional para o clube, após conseguir o empate, por 1 a 1.

O Flamengo teve um bom começo, com maior e melhor posse de bola, tentando pressionar e incomodar o adversário o tempo todo. Pelo que parecia até que o resultado podia ter sido outro. Já aos 29 minutos do primeiro tempo, chegou o gol do Lucas Paquetá, mas a alegria durou bem pouco. Tão somente sete minutos depois se deu o empate, com gol de Barco. Único gol do Independiente e suficiente para o time adicionar mais um título na sua lista.

Agora, finalizada a Sul-Americana, ficando o título para a Argentina, o Independiente ganha uma vaga para a Libertadores do ano que vem e atrapalha a supervivência do Atlético-MG. Já para o Flamengo, a situação é diferente agora. Sem ter obtido a vitória, a sua vaga para a Libertadores será por meio do Brasileirão, pelo que deixa o time mineiro sem possibilidades.

Lamentavelmente, a final não foi tranquila. Tanto antes do jogo quanto depois dele, viveu-se no Rio um clima bastante tenso, provocado pelas torcidas de ambas equipes. Ocorreram incidentes violentos, imitações desagradáveis e bastante desordem nas ruas. Até mesmo antes do jogo acontecer, causando várias confusões entre os torcedores. E também do próprio clube Independiente, quem postou várias mensagens de provocação para o Flamengo, chamando o Maracanã de “quintal de casa”. Para depois voltar perguntando se o Flamengo precisava de mais um “Maracanazo”. Em alusão ao termo utilizado para simbolizar o fracasso nacional, depois daquela Copa de 1950, na qual o Brasil foi derrotado pelo Uruguai.

O “Rei de Copas” é o novo campeão
Votar