Você está aqui: Home » Futebol » HISTÓRIA DA COPA SUL-AMERICANA – Parte I

HISTÓRIA DA COPA SUL-AMERICANA – Parte I

Em 2002 foi jogada a primeira edição da Copa Sul-Americana. Neste ano teremos a 14º edição e chegou para ocupar o calendário do segundo semestre do futebol internacional da América. Relevando à Copa Mercosul que teve curta vida após a Supercopa, a Copa Sul-Americana ganhou o seu lugar e no decorrer destes anos pôde escrever sua própria e valiosa história.

Um certâmen com eliminação direta, que tem aumentado o número de participantes nos últimos anos. Em 2002 eram 21 equipes (sem participação de clubes brasileiros) e agora são 47, superando inclusivamente a Copa Libertadores, o principal torneio do continente.

San Lorenzo foi o primeiro campeão e vinha de ganhar a última edição da Copa Mercosul. O time argentino venceu na final o Nacional de Medellín por um global 4 a 0.
Cienciano, o time peruano com sede em Cuzco, fez história para sua cidade e seu país ao ser o campeão em 2003 ao vencer o gigante River Plate. Nessa edição, o torneio foi jogado por regiões, Cienciano venceu o Alianza Lima e Universidad Católica. Nas quartas de final venceu o Santos e o Atlético Nacional na semifinal. Na final conseguiu um empate por 3 a 3 na Argentina e venceu em casa por 1 a 0, conseguindo desse jeito o título mais importante de sua história.

Em 2004, Boca Juniors ganhou o título após vencer o Bolivar em La Bombonera. O time argentino chegou à final vencendo o Cerro Porteño nas quartas de final e o Internacional na semifinal.

E em 2005 o Boca Juniors conseguiu repetir a façanha ao entrar, como atual campeão, diretamente às oitavas de final. Outra vez vencia ao Cerro Porteño e Internacional, assim como também à Universidad Católica. A final foi contra os Pumas do México, onde empataram os dois jogos por 1 a 1 e depois Boca venceu nos pênaltis.

HISTÓRIA DA COPA SUL-AMERICANA – Parte I
Votar