Você está aqui: Home » Futebol » Dupla da Chapecoense mostra evolução e anima médicos

Dupla da Chapecoense mostra evolução e anima médicos

Os dois médicos brasileiros que estão em Medellín para cuidar dos sobreviventes do voo da Lamia – que vitimou 71 dos 77 passageiros a bordo – deram nesta segunda-feira, uma entrevista coletiva para atualizar o estado de saúde dos quatro pacientes brasileiros que seguem internados no Hospital San Vicente, nas proximidades de Medellin, na Colômbia.

Dos seis sobreviventes do trágico acidente aéreo, quatro são brasileiros. Três deles são jogadores da Chapecoense: o goleiro Jackson Follman, o lateral Alan Ruschel e o zagueiro Neto. O quarto é um jornalista de uma rádio catarinense, Rafael Henzel. Além do quarteto, dois tripulantes bolivianos também sobreviveram ao acidente. O técnico de avião Erwin Tumiri, já recebeu inclusive alta do hospital. Já Ximena Suarez, comissária do voo e outra sobrevivente, apresenta boa evolução e deve ser liberada nos próximos dias.

Nesta segunda-feira, ao lado do diretor do hospital colombiano, Ferney Rodriguez, os médicos Edson Stakonski e Marcos André Sonagli, deram uma entrevista coletiva falando sobre a evolução dos pacientes brasileiros. Segundo a dupla, o zagueiro Neto ainda é o que mais preocupa, sendo o único que ainda está em situação crítica, respirando por aparelhos.

– Neto é o que mais preocupa. Está sedado, entubado e continua em uma situação muito crítica. Ele está respirando por aparelhos e está em cuidado intensivo. Vamos ver como evolui nas próximas 24 horas. – disse Stakonski, sobre o defensor da Chapecoense.

Já os outros dois jogadores da Chapecoense que sobreviveram ao acidente, tem prognósticos mais otimistas, não correndo mais risco de morte.

Follmann está bem, estável. Evoluiu bem. Vai fazer evolução das feridas hoje e talvez passe por nova cirurgia. – disse o médico sobre o goleiro da Chapecoense, que teve que amputar a perna direita na altura do joelho.

Alan Ruschel também está estável. Esperamos que ele se mexa um pouco mais nos próximos dias. Por enquanto, a cirurgia na coluna evolui de forma boa. – completou o médico brasileiro.

O Dr. Stakonski falou também sobre o estado de saúde do jornalista Rafael Henzel, que está consciente e se comunicando e não tem previsão de passar por nova cirurgia no momento.

Foto: Entrevista coletiva dos médicos brasileiros que acompanham o estado de saúde dos sobreviventes do voo da Chapecoense.

Dupla da Chapecoense mostra evolução e anima médicos
Votar