Você está aqui: Home » Futebol » Conhecendo os campeões históricos da Sul-Americana: Pachuca

Conhecendo os campeões históricos da Sul-Americana: Pachuca

Você se lembra da nossa série de artigos “Conhecendo os campeões históricos da Sul-Americana”? Pois bem, hoje trazemos mais uma entrega dessa interessante informação para todos os torcedores do futebol. Para relembrar um pouquinho, em posts anteriores, tínhamos aprendido sobre San Lorenzo, o primeiro a ganhar uma Copa Sul-Americana, Cienciano e Boca Juniors.

Agora chegamos ao campeão da edição do ano de 2006: o Pachuca. Quer saber sobre ele? Siga conosco e, no decorrer deste post, estaremos lhe contando sobre ele.

O Pachuca Clube de Futebol, ou mais simplesmente conhecido como Pachuca, é um clube de futebol profissional mexicano e a sua fundação foi no dia 01 de novembro de 1892, na cidade que dá nome ao time: Pachuca.

O clube é relativamente menor do que os outros, tendo um estádio interessante, mas considerado de porte médio. Com uma capacidade para 30.000 pessoas, tendo sido remodelado e modernizado, no ano de 1993 e o nome dado é de Estádio Hidalgo.

Faz parte, atualmente, da Primeira Divisão do México. E um dado realmente característico é que corresponde ao primeiro clube de futebol desse país, que se encontra registrado. Pelo que tem o seu peso pela antiguidade em representação do México.

O clube surgiu graças ao empreendimento de um grupo de mineiros ingleses, os quais o denominaram Pachuca Football Club, no dia 1 de novembro de 1892. Esse mesmo dia ocorreu o que pode ser considerado o primeiro jogo, na “Hacienda de Campo”, propriedade de Frank Rule. Só que esse jogo não fazia parte de torneio nenhum, mas do programa da celebração anual do “Benevolent Club”.

Mais tarde, em 28 de novembro de 1895, o clube se fusionou com o “Pachuca Cricket Club” e com o “Velasco Cricket Club”, criando assim o Pachuca Athletic Club, com o objetivo de que fossem praticados nele futebol e tênis, principalmente. O considerado primeiro presidente oficial do clube foi Frank Rule.

O Pachuca foi importante para o futebol nacional, pois ele, junto com outros como o Orizaba Athletic Club e o British Club, criaram, em 1902, a Liga Mexicana de Football Amateur Association. Ocorrendo já nesse mesmo ano, o primeiro torneio.

A organização passou por vários inconvenientes e etapas diferentes. Por exemplo, em 1920, a empresa de mineração entrou em uma crise grave, devido à Revolução Mexicana, com o que vários jogadores saíram para Ciudad de México. O resultado disso foi a desintegração do clube. E não foi da noite para o dia que ressurgiu; tiveram que passar exatos 31 anos até que foi fundado o time Pachuca A. C.

Mesmo depois de ter sido uma das sete equipes fundadoras da Segunda Divisão, um ano mais tarde volta a desaparecer. Retornando novamente.

Entrou em Primeira Divisão, no ano de 1967, jogando no Estádio Azteca contra o Necaxa. Oportunidade da que sai derrotado por 3 a 1. E a partir daí, começa mais um período complicado para o Pachuca, que teve que enfrentar muitas mudanças de treinadores, já que parecia não aparecer nenhum que pudesse levar o clube a uma boa posição. Passando, no mínimo, por cinco treinadores diferentes, mas nenhum conseguiu evitar a queda para a Segunda Divisão, em 1973. 19 anos depois da queda, consegue voltar à Primeira Divisão, mas o time, novamente, não teve um bom desempenho, ficando em último lugar, pelo que foi eliminado.

O primeiro título que o clube conseguiu foi no Torneio Inverno 1999. Esse período pode ser considerado como uma época de ouro para o clube, já que conseguiu, com várias contratações de jogadores, recuperar-se e melhorar a sua posição. Essa foi a primeira vez na sua história. Já o segundo título chegou no Torneio Verão de 2001. Mas no ano seguinte o seu desempenho nos torneios locais piorou notavelmente, com o que ficou de fora. Mas nem tudo foi ruim, já que conseguiu melhorar no âmbito internacional, pois estava disputando a Copa de Campeões da Concacaf (sendo essa a sua segunda participação), resultado da qual foi mais um título, o primeiro internacional para o clube.

Outro título internacional chegou para o Pachuca em 2006, quando se consagrou campeão da Copa Sul-Americana. Foi realmente alentador para o time, já que essa foi a sua primeira vez nesse torneio e, na primeira tentativa, voltou para casa com o título.

A situação, tanto local quanto internacional, continuou sendo bastante irregular para o clube, descendo e subindo, participando de alguns torneios e ficando fora de outros, conseguindo títulos em algumas oportunidades e sendo eliminado em outras.

Alguns dados interessantes…

– Temporadas em Primeira Divisão: 47
– Maior goleada nacional: 6-0 contra o Veracruz, no Torneio Clausura 2016.
– Maior goleada internacional: 11-0 contra o Police United, Liga de Campeões da Concacaf.
– Pior posição na liga: 20º, no Apertura de 2002.
– Melhor ofensiva: Clausura de 2009, com 53 gols.
– Máximo goleador histórico: Gabriel Caballero, com 70 gols.

Conhecendo os campeões históricos da Sul-Americana: Pachuca
Votar