Você está aqui: Home » Futebol » 3 argentinos e um brasileiro

3 argentinos e um brasileiro

O River Plate, Independiente e Huracán são os times argentinos que conseguiram as suas vagas para as quartas de final, enquanto no Brasil o Atlético-PR também se classificou vencendo o Brasília.

Para o River Plate, campeão defensor e também atual campeão da Copa Libertadores, não foi fácil superar a Liga de Quito, quem venceu por 1 a 0 no Equador e esteve perto de levar a partida aos pênaltis. Mas o time Millonario foi melhor no jogo de ida, onde venceu por 2 a 0 no Estádio Monumental, e acabou obtendo a classificação. A Liga de Quito sabia que tinha que lutar diante dos argentinos e aos 9 minutos do segundo tempo, Minas fez o gol do time da casa. Dez minutos depois, a LDU teve chances de ampliar o placar, mas Alvez errou um pênalti. O River Plate sofreu durante o resto do jogo, mas resistiu e garantiu a vaga.

O Independiente era outro que tinha que enfrentar um difícil rival para se classificar, o Olimpia de Paraguai. O triunfo por 1 a 0 em Avellaneda lhe dava vantagens, mas sabia que não era garantia de conquista. Embora a série estivesse aberta até o último momento, o time argentino teve o jogo sob controle. Em Assunção, com um estádio lotado, o Olimpia não pôde superar o seu rival que acabou sendo superior nos 180 minutos. E para complicar a noite paraguaia, aos 38 minutos Eduardo Aranda viu o cartão vermelho, terminando de complicar a possível recuperação do Olimpia e dando a classificação para o Independiente após o empate de 0 a 0.

A grande noite para os times argentinos foi completada com a classificação do Huracán, que venceu o Sport em casa por 3 a 0. Após um valioso empate em Recife, o time argentino não teve piedade e se classificou com uma goleada. Aos 3 minutos do segundo tempo, Abila abriu o placar e 5 minutos depois Bogado aumentou para o time de casa. Faltavam quase 40 minutos e a partida parecia estar sentenciada, mas houve tempo para um terceiro gol. Aos 28 minutos, Abila encerrou a goleada com o seu segundo gol.

E em duelo de brasileiros, o Atlético-PR viajou até a capital brasileira para enfrentar o Brasília. Com um claro favoritismo, o Atlético classificou sem jogar bem. Um 0 a 0 foi suficiente para passar de fase, já que a vitória por 1 a 0 em Paraná tinha decretado a série.

3 argentinos e um brasileiro
Votar